Publicado em: Seg, Mar 20th, 2017

Qual melhor título do tesouro direto para longo prazo

Qual o melhor título do tesouro direto para longo prazo? Quer investir no Tesouro Direto para garantir uma aposentadoria tranquila mas não sabe qual o melhor título?

O Tesouro Direto é uma opção mais segura e rentável de investimento que a poupança, porém existem difentes tipos de títulos públicos para você escolher. Tesouro pré, pós-fixado, Selic ou IPCA? Qual é o melhor e mais indicado para guardar recursos para a aposentadoria?

“Mundo
PUBLICIDADE
“Mundo

Tesouro Direto Longo Prazo (Aposentadoria)

Qual o melhor título público para investir visando a aposentadoria?

Em linhas gerais para esse tipo de investimento, longo prazo, visando uma aposentadoria o mais indicado é o Tesouro IPCA, que na data atual (03/17) possui o maior vencimento para 2045. Existe  atualmente outro com vencimento para 2050, porém é o Tesouro IPCA + Juros Semestrais, sendo esse tipo de título menos interessante para o propósito apresentado. Isso porque os título com juros semestrais pagam o rendimento a cada seis meses, o que não faz sentido se seu interesse é juntar dinheiro para a aposentadoria.

Por que o Tesouro IPCA?

O Tesouro IPCA paga uma taxa pré-fixada mais a variação da inflação no período, consequentemente isso garante para você, em tese, um rendimento acima da inflação. Protegendo assim seu dinheiro da desvalorização, o que é ideal para o propósito de juntar dinheiro para a aposentadoria.

Mesmo os títulos do Tesouro Direto não sendo isentos de imposto de renda são melhores que a poupança e previdência privada?

Sim, mesmo após descontar o imposto de rende o Tesouro Direto rende mais que a poupança. Já as previdências privadas normalmente cobram taxas muito altas, o que as tornam também menos rentáveis que um Tesouro IPCA, por exemplo.

Tributação do Tesouro Direto

A alíquota do IR que incide sobre o investimento em títulos públicos são:

Até 180 dias – 22,5%

De 181 até 360 dias – 20,0%

De 361 até 720 dias – 17,5%

Acima de 720 dias – 15,0%

Lebrando que esse valor incide somente sobre o lucro obtido com o título público.

Também há incidência de IOF nos investimentos de prazo inferior a 30 dias.